FacebookYoutubeRSSPartilhar

Castro de Sacoias

Chart?chst=d map spin&chld=0
Slideshow
T10 sacoias 02 1 1024 2500
 
Este sítio localiza-se em dois cabeços de relevo suave, à mesma cota, a nascente da aldeia de Sacoias, separados entre si por uma depressão pouco pronunciada. No cabeço a norte localiza-se a capela da Senhora da Assunção, no mesmo local onde a tradição assinala a existência de um templo anterior dedicado a Santa Maria.
 
No decurso da construção, apareceram restos deste antigo templo, várias sepulturas, uma cabeceira de sepultura cristã, diversas estelas funerárias romanas e outro material de época romana, incluindo cerâmicas e uma pequena figura de cavalo em bronze. O espólio foi depositado no Museu do Abade de Baçal (Bragança). Imediatamente a sul localiza-se o povoado mais antigo, da Pré-história recente, num cabeço sobre o rio Igrejas. 
 
Mais a norte o povoado romano. Este foi um importante povoado de época romana, quase de certeza com ocupação na Idade Média, como indicia o templo cristão anterior à Senhora da Assunção. Entre o espólio registado, assinalam-se numerosas cerâmicas romanas de diversas tipologias, uma base de estatueta de bronze com uma inscrição marchetada a ouro (EX VISO), uma pequena figura em bronze representando um bezerro, várias moedas e fíbulas e pelo menos dez estelas funerárias romanas e um cipo funerário romano. Quase todo o espólio foi depositado no Museu do Abade de Baçal (Bragança), com a exceção do bezerro de bronze, depositado no Museu Martins Sarmento de Guimarães e algumas das estelas, que se encontram ainda na aldeia de Sacoias ou se desconhece o paradeiro.
 
 
Classificação
MN - Decreto de 16-06-1910, DG n.º 136, de 23-06-1910
Morada

Sacoias, Bragança

Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
Total de Visualizações
3517 visualizações

Sugestões