FacebookYoutubeRSSPartilhar

Pelourinho de Outeiro

Chart?chst=d map spin&chld=0
Slideshow
  • Pelourinho outeiro1 1 1024 2500
  • Pormenor pelourinho outeiro  medium  1 1024 2500
A vila de Outeiro teve foral manuelino com data de 11 de Novembro de 1514. O pelourinho foi erguido, muito possivelmente nessa época, assinalando a autonomia então alcançada. Localiza-se junto à antiga cadeia, marcando de forma simbólica o centro cívico da povoação. Sobre uma base oitavada, ergue-se o fuste de secção octogonal, animado por flores alinhadas em faces alternadas, terminando em dois anéis. Estes precedem o capitel, que forma uma cruz grega a partir de cujos braços se projetavam ferros, mas dos quais apenas subsistem dois.
 
O remate, se secção quadrada, exibe decoração variada nas suas faces, que deverá ter obedecido a um programa iconográfico específico. Apenas se observam atualmente as armas de Portugal numa face e na outra, uma figura eclesiástica e outra ajoelhada a seus pés, possivelmente um cavaleiro. O bloco é coroado por um cilindro irregular rematado por meia esfera. Finalmente refere-se o aro de ferro com argolas que se encontra no terço inferior do fuste.
 
Classificação
Imóvel de Interesse Público (IIP) - Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933
 
Cronologia
Séc. XVI
Morada

Outeiro, Bragança

Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
Total de Visualizações
2220 visualizações

Sugestões