FacebookYoutubeRSSPartilhar

TÚLIA SALDANHA - umahora vi

Datas
19 Mai 2020 a 27 Set 2020
Chart?chst=d map spin&chld=0
Slideshow
Cartaz cacgm1 1 1024 2500

TÚLIA SALDANHA - umahora vi

A obra de Túlia Saldanha (Peredo, Macedo de Cavaleiros, 1930 - 1988) desenvolve-se intensamente entre os anos de 1967 e 1988, acompanhando e refletindo as grandes transformações de uma época que então se abria à experimentação e a profundas mudanças.

(...) A sua criação artística, que muitas vezes se confunde com a própria vida, alicerça-se em marcas autorais muito vincadas. O uso da cor preta e dos objetos queimados ou carbonizados, das caixas e das assemblages em malas de viagem, das pinturas de fundo negro ou as instalações-ambiente construídas em torno de refeições, são alguns dos traços dominantes da sua gramática artística.
(...) Profundamente autobiográfica e reflexiva, no sentido em que é objeto de um constante questionamento de si mesma e até do sentido da vida, a sua obra traz, na origem, uma multiplicidade de evocações das memórias pessoais e das vivências sociais em Trás-os-Montes. (...)

Curadoria: Jorge da Costa
Produção: Município de Bragança
Centro de Arte Contemporânea Graça Morais

Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
Total de Visualizações
941 visualizações

Sugestões