FacebookYoutubeRSSPartilhar

Pelourinho de Gostei

Chart?chst=d map spin&chld=0
Slideshow
T07 gostei 01 1 1024 2500
O lugar de Goestei ou Goestey, atual freguesia de Gostei, foi um curato anexo ao Mosteiro de São Bento de Castro de Avelãs até 1290, quando os monges permutaram com a Coroa a aldeia de Outeiro de Moás por este território, juntamente com a vizinha localidade de Castanheira. No ano anterior tivera foral dado por D. Dinis, em cujo documento aparece a grafia Gustei e pelo qual se forma o concelho de Gostei e Castanheira.
 
O concelho veio a pertencer à Casa de Bragança, mantendo sempre autonomia administrativa judicial. Foi extinto no século XIX, vindo a integrar o concelho de Bragança. Conserva um velho pelourinho, levantado no largo fronteiro à Igreja Matriz. Este monumento ergue-se sobre plataforma de dois degraus quadrangulares de aresta, bastante desgastado e restaurado, sendo o degrau térreo constituído por dupla fileira de blocos. A base da coluna é um bloco sensivelmente quadrangular, de aparelho rústico, com arestas superiores boleadas. O fuste é cilíndrico e liso e relativamente curto, sendo encimado por um singelo remate em pirâmide quadrada saliente, com arestas pouco definidas e topo boleado.
 
O conjunto é muito simples, configurando um modesto pelourinho de "coluço", que alguns autores têm considerado românico. A sua datação é imprecisa, existindo exemplares semelhantes provavelmente erguidos ao longo da Idade Média e outros durante o século XVI. Em todo o caso, deve referir-se que as
localidades bragantinas de Sanceriz e Vila Franca de Lampaças, com pelourinhos idênticos, compartilham com Gostei o facto de terem recebido forais de D. Dinis, de finais do século XIII.
 
Classificação
IIP - Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933
Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
Total de Visualizações
3486 visualizações

Sugestões