FacebookYoutubeRSSPartilhar

Pelourinho de Mogadouro

Chart?chst=d map spin&chld=0
Slideshow
  • Mogadouro 14  medium  1 1024 2500
  • 2.3.1.19a  medium  1 1024 2500
O primeiro foral da povoação de Mogadouro, outorgado por D. Afonso III, remonta a 18 de Novembro e a 27 de Dezembro de 1273. D. Manuel voltou a conceder novo foral a 4 de Maio de 1512. A vila foi comenda dos Templários entre 1297 e 1312, data do desaparecimento da Ordem. Regressou então à posse da coroa, para ser novamente doada à Ordem de Cristo, em 1319, permanecendo como comenda até à extinção das ordens religiosas, em 1834.
Desde o século XV que Mogadouro é domínio dos Távora, assim permanecendo até à segunda metade do século XVIII.
 
Observando o livro das fortalezas de Duarte de Armas, percebe-se que o pelourinho original e que, muito possivelmente, era coevo do foral manuelino, não corresponde ao atual. Era, conforme o desenho de Duarte de Armas, um pelourinho de gaiola. Não se sabe em que época foi substituído pelo que hoje se conhece.
 
Este, ergue-se numa plataforma de três degraus quadrangulares, sobre os quais assenta a base e a coluna, formada por três anéis oitavados e por fuste de secção octogonal, dividida em quatro registos, um dos quais deverá ter tido uma argola. Do capitel, circular, emanam quatro braços formando uma cruz grega e o remate, em forma de pirâmide, é decorado por dois conjuntos de meias esferas.
 
 
Classificação
IIP - Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933; ZEP - Portaria publicada no DG, II Série, n.º 29, de 4-02-1966
Pontuação
Ainda não tem opiniões registadas
Total de Visualizações
1533 visualizações